Mestrado e Doutorado em

Biotecnologia e Inovação em Saúde

Apresentação

O Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia e Inovação em Saúde apresenta uma estrutura coordenada para o desenvolvimento de produtos biotecnológicos inovadores na área da saúde, propiciando a formação de docentes e pesquisadores capacitados a atender as novas demandas tecnológicas do nosso país. Seguindo o recomendado pela Política de Desenvolvimento da Biotecnologia Brasileira, que busca promover políticas públicas consistentes e de longo prazo para tornar possível o aproveitamento das oportunidades e potencialidades do Brasil no campo da biotecnologia, os cursos de Mestrado Acadêmico e Doutorado em Biotecnologia e Inovação em Saúde vem oferecer propostas de qualidade científica e formativa que se apresentam como uma aproximação do conhecimento acadêmico com o setor produtivo na área de Biotecnologia do Brasil, necessidade estratégica para o futuro do País. Os cursos de Mestrado Acadêmico e Doutorado foram aprovados pela CAPES em maio de 2012, ambos com nota 4. O programa teve seu início com edital e processo seletivo classificando em setembro de 2012 os candidatos ao doutorado e mestrado acadêmico.

Estrutura

O programa de Biotecnologia e Inovação em Saúde apresenta uma estrutura coordenada para o desenvolvimento de produtos biotecnológicos inovadores na área de saúde, mostrando um equilíbrio entre a quantidade de docentes que sustentam as linhas de pesquisa inter-relacionadas, a distribuição de projetos desenvolvidos e a participação nas disciplinas oferecidas.

Objetivos

São objetivos do Programa de Biotecnologia e Inovação em Saúde preparar alunos para pesquisa, docência e atividade científico-tecnológica de inovação com ênfase na interdisciplinaridade representada de forma a integrar as áreas tecnológicas com as de saúde. Os futuros profissionais, capacitados e qualificados para atuar no mercado profissional, atuarão principalmente em centros de pesquisa, instituições de nível superior, no setor industrial, no Sistema Único de Saúde. Esta proposta fundamenta-se na necessidade de suprir uma área prioritária de suprir profissionais voltados para o desenvolvimento de produtos biotecnológicos. Além disso, devido à importância da formação especializada do pós-graduando em biotecnologia, oriundo da característica diferenciada e multidisciplinar do grupo de docentes que compõem o programa, estimulam a criação e transferência de tecnologia, de forma continuada, tendo como foco a incorporação de novos produtos pelo setor produtivo. Neste contexto, a universidade ocupa seu espaço como elemento de vanguarda na inovação tecnológica, com inserção nas economias regional e nacional, pela capacidade de desenvolver ensino e transferir os resultados das pesquisas de elevado padrão científico e tecnológico. Deve-se ressaltar, portanto, que a proposta deste programa é fortalecer a importância do desenvolvimento de pesquisa integrada para a formação de recursos humanos na área de biotecnologia. O perfil do profissional a ser formado são mestres e doutores dotados de espírito crítico e reflexão ética e científica que contribuam não somente para o conhecimento (que é linear e disciplinar), mas também para inovação (que é emergente e transdisciplinar).

Público-Alvo

Profissionais das áreas de Biotecnologia, Biomedicina, Biologia, Farmácia, Medicina, Medicina Veterinária, Odontologia, Químicas e áreas afins, submetido à aprovação do colegiado do programa.

Aulas

Aulas presenciais em Pirituba – São Paulo.

Áreas de concentração

A área de concentração Biotecnologia e Inovação em Saúde caracteriza-se pela condução de estudos e pesquisas que visam o atendimento às necessidades de áreas correlatas situadas na interface universidade/indústria/ saúde, atendendo a demandas prioritárias do país na área biotecnológica. Esta interface baseia-se no conceito atual de ciência convergente, caracterizada pela junção de várias vertentes do conhecimento que constroem seu universo cognitivo e alicerçam suas bases fundamentais na interdisciplinaridade de conhecimentos importante para a aplicabilidade dos resultados. Neste contexto, a área de concentração Biotecnologia e Inovação em Saúde reflete a crescente necessidade dos futuros profissionais em desenvolver novas tecnologias utilizando conhecimentos adquiridos em áreas clássicas como bioquímica, farmacologia, biologia molecular, físico-química, odontologia, fitoterapia e bioinformática, na direção da obtenção de métodos e produtos biotecnológicos inovadores e na caracterização de seus mecanismos de ação. O estudo da biocompatibilidade, biomecânica, bioquímica e aplicação pré-clinica e clínica dos insumos bioativos irão convergir para sustentar a escolha da área biotecnológica. Os projetos de pesquisas representados por esta área de concentração têm por objetivos a síntese, o isolamento e o desenvolvimento de insumos bioativos, a investigação de suas propriedades, as interações com os tecidos e ambientes orgânicos, os estudos de modulação de expressão gênica em abordagens genômicas, proteômicas, epigeneticas e avaliação pré-clinica e clínica dos mesmos, e também a validação e certificação de protocolos de pesquisa experimental, fundamentais para apoio ao desenvolvimento de novos insumos bioativos.

Linhas de pesquisa

Linha 1: BIOTECNOLOGIA APLICADA À MATERIAIS BIOATIVOS, FORMULAÇÕES E PROCESSOS EM SAÚDE

Desenvolver metodologias sintéticas (orgânicas e inorgânicas) para obtenção de novos compostos bioativos; identificar e quantificar insumos bioativos de origem natural; aplicar novas tecnologias para o desenvolvimento de dispositivos, síntese e formulações de materiais funcionais; gestão aplicada à Biotecnologia.

Linha 2: BIOTECNOLOGIA APLICADA AOS ESTUDOS CELULARES, MOLECULARES E EPIDEMIOLÓGICOS

Os estudos vinculados a esta linha de pesquisa dão ênfase a assuntos estratégicos na política de Biotecnologia atual, como a tecnologia do DNA recombinante, imunologia, microRNAs e expressão gênica, estudos envolvendo microbiomas, autofagia e fotobiologia. Além de atualizações sobre aplicação de processos biotecnológicos visando estratégias de combate de bactérias multirresistentes, resistência terapêutica oncológica, interação de bioprodutos em cultura de células e tecidos, tecnologias ômicas, marcadores biológicos celulares e moleculares e gestão e solução de problemas em produtos acabados e processos.

Linha 3: BIOTECNOLOGIA APLICADA À SAÚDE

Os estudos relativos à esta linha de pesquisa contemplam sistemas biológicos complexos cuja interação multidisciplinar contribui para a avaliação e aplicação na área de tecnologia em saúde. Esta linha de pesquisa tem por objetivo a avaliação clínica de insumos, produtos, bioprocessos e compostos bioativos, englobando a aplicação de métodos, processos e produtos de intervenção de bases biotecnológicas voltados à prevenção, diagnóstico, tratamento, monitoramento e aprimoramento na área de saúde e gestão do desenvolvimento na promoção do bem-estar. São realizados estudos observacionais, intervencionais e de meta-análise com o objetivo de integrar conhecimento, verificar segurança, eficiência e eficácia dos produtos biotecnológicos na clínica.

Disciplinas

MESTRADO E DOUTORADO

Disciplinas Obrigatórias

  • Metodologia de Pesquisa, Bioética e Biossegurança
  • Biologia Celular e Molecular
  • Gestão e empreendedorismo (Obrigatória somente para Doutorado)

Disciplinas optativas gerais

  • Metodologia de Ensino e Estagio de Docência
  • Bioestatística
  • Propriedade Intelectual e Patentes
  • Políticas Públicas em Saúde
  • Tópicos Especiais em Biotecnologia

Disciplinas especificas relativas às linhas de pesquisa

  1. Desenvolvimento de produtos biotecnológicos; Métodos Analíticos aplicados à Biotecnologia; Nanotecnologia
  2. Seminários Avançados em Biotecnologia; Engenharia tecidual e Biocompatibilidade; Mecanismos moleculares de patogenicidade; Modelos de avaliação biológica
  3. Fundamentos da Pesquisa clínica; Avaliação pré-clínica de produtos biotecnológicos; Pesquisa clínica aplicada

Corpo Docente

Profa. Dra. Carolina Passarelli Gonçalves (colaboradora)

Prof. Dr. Hélio Hiroshi Suguimoto

Prof. Dr. Ivair Donizeti Gonçalves (colaborador)

Profa. Dra. Julia Alejandra Pezuk

Profa. Dra. Katia Sivieri

Prof. Dr. Márcio Luiz dos Santos

Profa. Dra. Regina Mara Silva Pereira

Profa. Dra. Susana Nogueira Diniz

Profa. Dra. Waleska Kerllen Martins Gardesani

Contato

Prof. Dr. Márcio Luiz dos Santos

Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Biotenologia e Inovação em Saúde

e-mail: marcio.l.santos@anhanguera.com

Secretaria de Pós-Graduação Stricto Sensu

Fone: (11) 3512-8415 / (11) 3512-8429

e-mail: secretariastrictosensu@anhanguera.com

Documentos

Clique abaixo para solicitar documentos.
SOLICITAÇÃO DE DOCUMENTOS
Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google